Ganhos & Soluções

Em tempos de mudanças, é preciso compreender como manter os negócios em movimento. Diminuir custos e aumentar a produtividade – nos mais diversos contextos – são questões fundamentais.

Seja no Atacado, no Varejo, na Indústria, no Agronegócio, na Educação, no Comércio, ou em outras atividades, estamos mudando e precisamos nos adaptar. Uma coisa está bem clara para todos: a tecnologia está embasando e possibilitando, em grande parte, essas mudanças.

Justamente, pelo impacto que estão causando, e pelo ineditismo de muitas aplicações, isso causa muitas dúvidas. Acentuadamente em nosso país, onde costumamos pegar carona naquilo que acontece no resto do mundo, em  vez de comandarmos as possibilidades. Mas, é justamente esse momento, quando os verdadeiros empreendedores despontam. É agora que enxergam as oportunidades. Inspiram-se com as possibilidades vislumbradas pelas mudanças e, percebem que é justamente isso que cria novas oportunidades.

Não é questão de tamanho do negócio, nem mesmo do setor do negócio. Mas, da vontade do empreendedor, em querer avançar. Automatizar processos, saber onde diminuir custos, dos mínimos que se multiplicam diariamente e, geralmente são invisíveis, àqueles que são grandes o bastante para serem percebidos, porém de difícil controle. Áreas como Logística – e todos os controles relacionados a essas operações – tem possibilidades imensas de aplicações. Quando mapeamos os processos – como fizemos em vários clientes – identificamos possibilidades que nem mesmo pareciam possíveis de existirem. A cada implementação, somos provocados a descobrir novas oportunidades. Por isso dizemos que ‘inspiramos oportunidades’.

Às vezes, quando os clientes vêem os ‘robozinhos’ trabalhando num computador, ficam tão impressionados, que começam a imaginar possibilidades para todos os lados. Controles, lançamentos contábeis, acessos a sites, emissão de e-mails, preenchimentos de GARE e outras guias, aos milhares, realizados em segundos. Só vendo para crer.

Ainda levará um certo tempo, para que, a maioria, perceba as vantagens das aplicações tecnológicas. Mas, isso ocorrerá.

Há um outro aspecto a abordar: as preocupações com os empregos. Sem dúvida, essa preocupação é real. Porém – como nas outras 3 grandes revoluções tecnológicas – não é, necessariamente, pela falta de emprego provocada pela tecnologia, mas, pelas dificuldades comportamentais, decorrentes da necessidade de se sair da zona de conforto e MUDAR. Mudar de área, mudar de profissão, estudar, estudar, estudar e aprender novas habilidades. Aí, sim, reside a preocupação. Aqueles que estão se envolvendo mais com tecnologias (não fogem da matemática, da filosofia, dos necessários esforços), estão se dando bem.

A tecnologia, finalmente, chega para tirar as pessoas da realização de tarefas repetitivas, rotineiras, sujeitas a muitos erros e estressantes. As pessoas, realmente competentes, são alocadas para funções mais estratégicas e criativas. As empresas, assim, estarão mais e melhor preparadas para competir e, o que é melhor, aumentando ganhos e produtividade e, simultaneamente, diminuindo custos, além de realizar todas as tarefas – mesmo em volumes estratosféricos – dentro dos prazos (ou até antes deles).

É hora de mudar. Já. Mas, você ainda tem um tempinho para ver, antes de crer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s